Rashid – Casca Lyrics

[Letra de “Casca” com Rashid]

[Intro]
Ah-ah
Com licença
Ah… Com licença
Pessoal
Pessoal? Ei?

[Refrão]
Olha pra mim
Olha pra mim
Desde quando me tornei vazio assim?
Olha pra mim
Só pra suprir o que os outros esperam de mim
Esperam de mim
Até quando a resposta é não, tenho dito sim
Olha pra mim

[Verso 1]
Tenho fingido amar meu emprego
Tenho sorrido por educação
Tento praticar o desapego
Tenho fingido gostar do patrão
Cumprimento as pessoas na sala
Perco horas em frente à TV
E até o racismo velado do supervisor lá da firma eu finjo não ver
Ah, que mais vocês querem de mim, porra?
Trampo igual formiga e até de política evito falar
Porque vocês são burro e eu não quero briga
Minha casca já tá por um triz e o demônio pede bis
Mas isso não é um casamento abusivo pra eu tá me ferrando e fingir ser feliz
Eu não tenho ventríloquo, não sou a merda de um boneco
Já não basta ‘cês terem enchido meu bairro de depressão e boteco
A revolta é tanta, quase tenho um treco, então oremos
Porque nossa verdade é uma coisa inventada pra grande mentira que a gente vive doer um pouco menos

[Refrão]
Olha pra mim
Olha pra mim
Desde quando me tornei vazio assim?
Olha pra mim
Só pra suprir o que os outros esperam de mim
Esperam de mim
Até quando a resposta é não, tenho dito sim
Olha pra mim

[Pós-Refrão]
Ser o que não é, é um fardo e tanto
Só pra ser aceito por quem não quer aceitar
Que tentar ser o que não é, é um fardo e tanto
Só pra ter a vida que outros vão aprovar (Oh shit)

[Verso 2]
Tem que se vestir bem, só que bem pra quem?
Tem que se portar bem, falar bem também
Menino, faz a barba, lute e seja alguém
Olha que sem marido a mulher não é ninguém
Vai estudar, trampar, casar e ter neném
Hoje sem diploma futuro não tem
Mas que cabelo é esse? Tá achando que é quem?
Todo Peter Parker tem sua Mary Jane
Em que momento nessa história o que eu quero importa?

[Refrão]
Olha pra mim
Olha pra mim
Desde quando me tornei vazio assim?
Olha pra mim
Só pra suprir o que os outros esperam de mim
Esperam de mim
Até quando a resposta é não, tenho dito sim
Olha pra mim, yeah

[Pós-Refrão]
Ser o que não é, é um fardo e tanto
Só pra ser aceito por quem não quer aceitar
Que tentar ser o que não é, é um fardo e tanto
Só pra ter a vida que outros vão aprovar